quarta-feira, 9 de junho de 2010

De Alison Santini-Sobre a Poesia ONG Revida


A luta pela igualdade social, pela diversidade, vem florescendo a cada dia. A cada passo dado, mais perto da vitória estamos, mesmo sabendo que essa luta nunca irá findar. Gerações novas, antigas, outra vez novas, novos costumes, novas cores, mas as cores do arco-íris, assim como o azul do céu nunca irão mudar.

Esta é a poesia que eu escrevi com honra, e pelo orgulho da luta dos direitos LGBTs, e por vestir e ser membro da ONG Reintegrando Vidas Revida. 





Eis a poesia,

18/03/2010
ONG Revida

Amar e ser amado
Crer e ser acreditado
Ensinar e aprender
Inventar e entender
Trazer de volta o sorriso
Ao encontrar a morte, revida!
Reintegrando à vida.

Orgulho à bandeira
Não importa a cor
Guerreiro por guerreiro, por amor.

Resistir e lutar
Esperança suscitar
Viver é uma arte!
Insistir na verdade, e ter,
Direito à diversidade
A cidadania defender.

Reconstruindo sonhos
Essência de existir
Sabedoria de escolher
Peito e paz para lutar
Elevar aos céus nosso brilho
Irisando nosso sorriso
Trazendo na conquista,
Através dos direitos humanos, 
Respeito e mais amor.

Alison Santini

Nenhum comentário:

Postar um comentário