terça-feira, 16 de março de 2010

Os Sonetos de Santini-Deixa Ser 2007


Este foi o meu segundo soneto a ser premiado num concurso de Jacaréi, "2º Festival de Sonetos - Chave de Ouro" e novamente, um dos meus sonetos foi premiado.

Deixa ser

Deixa-me ir, leve, deixa-me ir, solto.
Deixa-me ficar perverso e brando...
Fixa em mim, seus, os lábios soluçando.
Fixa em mim, onde o teu é envolto...

Deixa ser eu, os dois rios revezando.
Deixa estar a minha alma chorando
Por este meu idílio que morreu de dor,
Igual o tal rouxinol morreu por amor...

Deixa ser eu, o vulto que procuras.
Deixa ser só nós dois, pra sempre, duas luas,
Bendizendo o amor no vazio do céu...

Eu sei, não há duas luas, nós não somos dois.
Seja o teu corpo sobre o meu, meu véu...
Deixa ser eu, tão amado como vós sois...
 
Alison Santini

2 comentários:

Leo disse...

Que lindooo ^^
Eu queria duas luas

Macaco Pipi disse...

muito bomm
duas luass
aaa

Postar um comentário